Olá!

Hoje quero apresentar para você um exercício simples. Gostaria que você respondesse a três simples perguntas. Apenas isso, três simples perguntas.

Mas para isso vou apresentar o diagrama a seguir.

diagrama

cenários

Primeira pergunta: Dos cenários a seguir, qual é o melhor?

Segunda pergunta: Dos cenários a seguir, qual o pior?

A terceira pergunta vem no fim do post.

Pense um instante. Responda mentalmente as perguntas antes de continuar a leitura…

Respondeu?

Vamos em frente. Obviamente, o melhor cenário para uma empresa estar é o cenário A. Nada como alto crescimento e alta lucratividade, certo? Essa é fácil. Mas na hora de responder a pergunta sobre o pior cenário para uma empresa se encontrar, é que muitos gestores se enganam. A resposta mais comum quando faço essa pergunta é a letra D, baixo crescimento e prejuízo.

Nada pode ser pior, certo?

Errado. Pior que baixo crescimento e prejuízo é alto crescimento e prejuízo.

A justificativa é simples. Imagine que Joãozinho vende pipoca por R$ 5,00 o saquinho. Nas suas contas, Joãozinho chegou a um custo de R$3,00 por saquinho vendido, incluindo toda matéria-prima utilizada na fabricação da pipoca. Com isso, a cada venda, ele teria uma margem de lucro R$ 2,00 por saquinho.

Acontece que Joãozinho cometeu um erro muito comum por empreendedores inexperientes: esqueceu de incluir na conta o seu próprio custo. Se tivesse incluído seu próprio custo, o saquinho de pipoca passaria a custar R$5,50, levando-o a um prejuízo de R$ 0,50 centavos por saquinho vendido.

Acontece que o preço de R$5,00 era bastante atrativo para o mercado local, e Joãozinho começou a ficar bastante conhecido na região. A demanda era tanta que Joãozinho precisou contratar dois funcionários para dar conta das vendas. O negócio que Joãozinho montou estava em pleno crescimento.

Como não havia incluído seu próprio custo no cálculo, assim que precisou contratar funcionários, Joãozinho começou a ter prejuízo. Mas como a demanda era grande, Joãozinho pegou um empréstimo no banco e continuou a contratar funcionários e crescer.

Já sabemos onde isso vai terminar, certo?

Joãozinho claramente estava no quadrante B: alto crescimento e prejuízo. E esse é o pior cenário para uma empresa estar: quanto mais cresce, mais prejuízo tem. Se Joãozinho soubesse como calcular a margem de lucro do seu produto, poderia ter evitado esse problema. Talvez seu crescimento fosse mais lento, mas de forma sustentável (quadrante C).

E claro, a última pergunta: Em qual desses cenários a sua empresa se encontra?

OUTROS POSTS

Dicas do CEO: Por que a sua empresa existe?

Postado em 28 de novembro de 2018

Dicas do CEO: Prepare-se para o melhor

Postado em 14 de novembro de 2018

Dicas do CEO: Quanto tempo leva pra faturar 60 milhões?

Postado em 31 de outubro de 2018

Dicas do CEO: O que é inovação disruptiva e como ela impacta seu negócio?

Postado em 24 de outubro de 2018

Dicas do CEO: Liderar não é apenas sobre o que você diz ou faz

Postado em 17 de outubro de 2018

Dicas do CEO: Conversas difíceis

Postado em 10 de outubro de 2018

As 5 características a serem avaliadas na contratação

Postado em 3 de outubro de 2018

A importância de sair do operacional

Postado em 28 de setembro de 2018

Como montar um time AAA sem RH

Postado em 26 de setembro de 2018

Dicas do CEO: Valores são importantes?

Postado em 21 de setembro de 2018

Dicas do CEO: Como projetar a cultura da sua empresa

Postado em 19 de setembro de 2018

Dicas do CEO: Defina a cultura da empresa o quanto antes

Postado em 12 de setembro de 2018

Dicas do CEO: 7 dicas para delegar tarefas

Postado em 5 de setembro de 2018

Dicas do CEO: Toda semana uma dica de gestão

Postado em 29 de agosto de 2018

COMENTÁRIOS

Existem 0 comente este post.

ADICIONE UM COMENTÁRIO