Uma dúvida frequente que surge para os empreendedores é como precificar produtos ou serviços da maneira correta. Existem duas formas para calcular o preço dos produtos e garantir um bom lucro: é possível se basear no custo do produto para a empresa ou no preço colocado pela concorrente. E aí, você sabe qual a melhor estratégia? Aprenda agora com o nosso artigo!

Entenda a diferença entre preço e valor

Antes de qualquer outra coisa, o empreendedor que quer precificar produtos adequadamente deve entender o seguinte: preço e valor são coisas diferentes. O preço tem um conceito direto. Para calculá-lo, basta somar: o custo da mercadoria para a empresa, os custos operacionais para lidar com a mercadoria, os tributos sobre a mercadoria e a margem de lucro desejada. Chegar a um preço fica mais fácil quando se tem esse esquema de cálculo.

O valor, por sua vez, tem um conceito menos sólido e mais subjetivo, porque ele considera a percepção que o seu comprador terá do seu produto. Para exemplificar: uma camisa de marca chega a custar 4 vezes mais do que uma camisa idêntica, mas que não leva o nome da marca. O que causa essa diferença tão exorbitante no valor de uma mesma peça é a percepção do consumidor. É o cliente quem atribui valor à marca quando ele confia na empresa e decide comprar determinado produto por isso.

Como precificar o produto?

Agora que você já entende a diferença entre preço e valor, podemos passar para a segunda parte: como dar o preço ao seu produto. Existem duas maneiras distintas de fazer isso. O preço do produto pode ser calculado com base no custo ou com base no preço dos concorrentes, mas a maneira mais correta de precificar é utilizar ambas as estratégias.

Afinal, definir o preço do seu produto apenas com base no custo dele para a empresa pode fazer com esse produto não corresponda aos valores atuais do mercado, o que pode provocar prejuízo para o seu empreendimento.

Também é errado precificar produtos apenas com base nos preços da concorrência. Se você fizer isso sem calcular os custos que sua empresa tem com o produto, o preço pode ficar abaixo do custo, o que pode gerar grandes prejuízos.

Precificando com base no custo

Para calcular o preço do seu produto com base no custo, você precisará realizar algumas operações matemáticas. Para começar, você deve somar quatro itens:

  • O custo do produto (no caso dos comércios é o valor de compra, e no caso de uma empresa é valor da matéria-prima e dos insumos);
  • Os gastos variáveis (impostos, comissões, embalagens etc.);
  • Os gastos fixos (aluguel, pessoal de vendas, despesas da administração etc.);
  • O lucro desejado.

Caso você tenha alguma dificuldade em realizar esses cálculos, alguns sites podem te ajudar. Além disso, já existem cursos e treinamentos para entender melhor a precificação. É interessante sempre aprender mais, já que o preço dado ao seu produto é uma das chaves para o sucesso da sua empresa.

Precificando com base no mercado

Após ter calculado o preço de venda do seu produto, está na hora de comparar com o da concorrência.

Caso seu produto esteja custando menos do que a média da concorrência, é você que deve decidir manter o preço abaixo do mercado ou aumentar o valor. Essa decisão dependerá do objetivo da sua empresa: vender mais lucrando um pouco menos ou vender menos lucrando um pouco mais. Trace a sua estratégia para se destacar dentro do mercado!

Caso o seu cálculo tenha chegado a um preço maior do que o valor do mercado, a dica é rever os gastos e procurar reduzi-los, ou reduzir o lucro. Assim, fica mais fácil se inserir na concorrência.

Se você optar por trabalhar com o preço acima do preço do mercado, será preciso desenvolver diferenciais para a sua marca, como um atendimento especial, boa estrutura de entregas ou ter uma ótima gestão de estoque, buscando atrair a confiança do comprador e se destacar.

Agora você sabe precificar produtos da maneira correta, a fim de obter bons lucros e se estabelecer no mercado. Tem mais alguma dica? Conte para a gente nos comentários!

OUTROS POSTS

3 dicas de como montar um time de vendas de sucesso

Postado em 7 de fevereiro de 2019

Pipeline de Vendas: Saiba como organizar suas vendas

Postado em 29 de janeiro de 2019

Como estipular a precificação do meu produto: Valor ou Custo?

Postado em 18 de janeiro de 2019

Controle de vendas: Assuma o controle da sua carteira de clientes

Postado em 29 de novembro de 2018

O que é controle de vendas e como implementar?

Postado em 4 de setembro de 2018

Gestão Comercial de Autopeças: Associativismo como ferramenta

Postado em 2 de agosto de 2018

Entenda como calcular o preço de venda

Postado em 15 de março de 2016

Guia Prático: Como Aumentar as Vendas

Postado em 18 de dezembro de 2015

Como vender mais: veja 4 dicas

Postado em 11 de setembro de 2015

5 maneiras de encontrar fornecedores confiáveis

Postado em 21 de agosto de 2015

6 dicas para expandir suas vendas

Postado em 23 de julho de 2015

COMENTÁRIOS

Existem 0 comente este post.

ADICIONE UM COMENTÁRIO