A precificação correta dos produtos vendidos pela sua empresa pode torná-los um sucesso. Por outro lado, determinar preços mais altos do que os clientes estão dispostos a pagar, pode fazer com que o negócio perca vendas. Caso a empresa defina preços de venda muito baixos, poderá acabar operando no vermelho.

Não há uma fórmula única para determinar o preço de venda de um produto. No entanto, é possível usar estratégias e métodos de precificação diferentes para encontrar um valor que satisfaça a sua empresa e os seus clientes.

Mas como precificar corretamente os produtos da sua empresa? É o que você vai descobrir agora! Acompanhe!

O que é Preço de Venda?

Preço de venda é o valor cobrado pelos produtos oferecidos aos seus clientes. Esse valor deve cobrir o custo de fabricação, as despesas associadas as vendas e, ainda, permitir que a empresa trabalhe com lucro.

Como fazer a precificação de um produto?

Considere os seguintes fatores ao precificar os produtos da sua empresa.

1. Determine os custos

Antes de precificar os produtos da sua empresa é preciso determinar os custos associados a eles, sejam esses produtos fabricados ou apenas revendidos pela sua empresa.

Se a sua empresa produz os produtos que vende, por exemplo, precisa incluir todos os custos envolvidos na fabricação, desde o desenvolvimento, os materiais e os custos indiretos. Depois disso será possível obter o ponto de equilíbrio, que determinará o valor mínimo pelo qual o produto deve ser vendido para cobrir o valor investido.

2. Conheça seus clientes

Para precificar os produtos da sua empresa corretamente é preciso conhecer os seus clientes. A melhor forma de conhecer os seus consumidores é por meio de uma análise de mercado. O resultado desse processo fornecerá informações valiosas, incluindo a faixa de renda onde de seus clientes e também o perfil de consumo deles.

Com base nessas informações também será possível determinar o quanto os seus clientes estão dispostos a pagar por por um determinado produto, ou seja, a percepção de valor. Por exemplo, se sua loja atende majoritariamente consumidores de classe média, é importante observar que eles podem não estar dispostos a pagar preços muito altos para adquirir seus produtos.

No entanto, eles também estão buscando qualidade, o que fará com que eles não comprem “qualquer coisa”. Por isso é importante achar um ponto de equilíbrio para conseguir satisfazer a percepção de valor.

3. Conheça seus concorrentes

O preço cobrado pelos seus concorrentes também impacta na precificação dos produtos da sua empresa, uma vez que fornecem uma referência que a sua empresa poderá seguir.

É possível, por exemplo, definir preços iguais aos do seu concorrente. Também é possível fixar preços mais baixos, o que atrairá a atenção de um novo público. Ou ainda, caso a intenção seja valorizar seus produtos frente a concorrência, aumentar o preço dos produtos vendidos.

Determine sua estratégia de preços

Existem várias estratégias para precificação de um produto. A estratégia escolhida pode depender dos preços praticados pelos concorrentes da sua empresa ou simplesmente do que funcione melhor para o seu negócio. Abaixo estão algumas estratégias comuns de precificação:

Marcação

A marcação é um método popular de precificação e consiste na adição de uma porcentagem ao custo de um produto. Esse processo permite usar percentuais diferentes para itens diferentes. Para calcular o preço de venda de um produto usando a marcação, é preciso usar a seguinte fórmula:

Preço de venda = Custo do produto + (Custo do produto x Porcentagem de marcação)

Digamos que a sua empresa gaste R$50,00 para fabricar um produto e deseje obter uma margem de lucro de 60%, aplicando a fórmula, obteremos:

R$50 + (R$50 x 0,60) = R$80,00

Nesse caso, um produto com margem de lucro de 60% será vendido por R$80,00. A porcentagem usada dependerá dos custos associados a fabricação e de quanto a sua empresa espera obter de lucro.

Margem

A margem é uma porcentagem que leva em conta o preço de venda e o custo de um produto. A fórmula usada para calcular a margem de um produto é a seguinte:

Margem = (Preço de venda – Custo do produto) / Preço de venda

Suponhamos que você deseje vender um produto por R$80,00:

(R$80 – R$50) / R$80 = 0,375

A margem desse produto será 37,5%.

Como você pode ver, as porcentagens da marcação e da margem não são as mesmas. É possível usar a margem para determinar os preços dos produtos vendidos pela sua empresa quando se deseja obter um lucro específico. Já a marcação é usada para definir o preço de venda de um produto.

Preço Keystone

O preço Keystone determina que todos os produtos devem ser vendidos com um aumento de 100%. Essa metodologia de precificação pode não ser a melhor se a sua empresa vender uma grande variedade de produtos, pois, nesse caso, alguns produtos podem apresentar preços muito baixos, por exemplo.

Preços baseados no valor

A precificação baseada no valor é determinada pelo mercado. Mesmo que a marcação ou a margem possam estabelecer um preço mais baixo, os clientes podem estar dispostos a pagar mais por causa do valor percebido.

Os clientes podem perceber um valor maior com base na experiência de consumo. Podem ainda perceber um valor maior por identificarem um produto novo ou raro.

Preço sugerido

Como o próprio nome diz, representa o preço sugerido, ou seja, é o preço que o fabricante recomenda que o produto seja vendido. Esse procedimento permite que os fabricantes padronizem os preços de seus produtos em diferentes varejistas.

O preço sugerido facilita a precificação dos seus produtos, mas, impossibilita que a sua empresa obtenha uma vantagem sobre seus concorrentes.

Como a sua empresa faz a precificação dos seus produtos? Comente com a gente e não deixe de ler o nosso blog!

OUTROS POSTS

3 dicas de como montar um time de vendas de sucesso

Postado em 7 de fevereiro de 2019

Pipeline de Vendas: Saiba como organizar suas vendas

Postado em 29 de janeiro de 2019

Controle de vendas: Assuma o controle da sua carteira de clientes

Postado em 29 de novembro de 2018

O que é controle de vendas e como implementar?

Postado em 4 de setembro de 2018

Gestão Comercial de Autopeças: Associativismo como ferramenta

Postado em 2 de agosto de 2018

Entenda como calcular o preço de venda

Postado em 15 de março de 2016

Como precificar produtos da forma correta

Postado em 25 de janeiro de 2016

Guia Prático: Como Aumentar as Vendas

Postado em 18 de dezembro de 2015

Como vender mais: veja 4 dicas

Postado em 11 de setembro de 2015

5 maneiras de encontrar fornecedores confiáveis

Postado em 21 de agosto de 2015

6 dicas para expandir suas vendas

Postado em 23 de julho de 2015

COMENTÁRIOS

Existem 2 comente este post.

  • Muito bom. Dicas valiosas.

    Revisado - Seu Carro Sempre Novo - 18 de janeiro de 2019 Responder
    • Muito obrigado!

      Eduardo Ferreira - 18 de janeiro de 2019 Responder

ADICIONE UM COMENTÁRIO