Conhecer a margem de lucro dos produtos comercializados pela empresa é fundamental para alcançar bons resultados financeiros. O objetivo de qualquer empresa é obter uma boa lucratividade, certo? Alcançar esse objetivo passa diretamente pela contribuição gerada por meio venda de cada um dos produtos.

Muitos empresários analisam apenas o faturamento bruto obtido pelas vendas dos produtos. E isso muitas vezes gera uma falsa sensação de que estão alcançando resultados positivos. Entretanto, quando é feita uma análise ao final do período percebe-se que o fluxo de caixa não reflete esses bons resultados e que o lucro obtido é muito abaixo do esperado.

Você já passou por situações semelhantes a essa? Então você precisa compreender como calcular a margem de lucro do seu produto. Confira neste artigo.

A importância de conhecer a margem de lucro

Uma empresa precisa pagar diversas despesas fixas e variáveis no decorrer das suas operações, certo? Todos esses custos precisam ser levados em conta no momento de definir o preço de venda dos produtos e de analisar os resultados alcançados.

A margem de lucro é uma forma de visualizar claramente qual é a contribuição real de cada um dos seus produtos para compor os lucros da organização. Para isso, é preciso fazer uma relação entre o faturamento obtido e todos os custos envolvidos na operação da empresa.

A grande importância de conhecer a margem de lucros dos seus produtos está relacionada à análise correta sobre os resultados obtidos. Se você compra uma mercadoria por R$100,00 e revende por R$150,00, parece fácil compreender que o lucro obtido foi de R$50,00. Entretanto, essa lógica não considera os gastos com combustível, funcionários, aluguel da sala comercial, energia elétrica, entre vários outros.

É apenas depois de calcular todas as despesas que precisam ser pagas pela sua empresa que você consegue avaliar quanto essa venda pode gerar de lucro. E isso é fundamental para calcular corretamente o lucro líquido e otimizar o fluxo de caixa.

Como calcular a margem de lucro de um produto

O cálculo da margem de lucro é muito simples de ser feito – basta que você tenha em mãos as informações necessárias. Veremos a seguir como você pode calcular a margem de lucro bruta e líquida dos seus produtos.

Margem de lucro bruta

Margem Bruta = (Receita Líquida – Custos Operacionais) / Receita Líquida

A fórmula da margem de lucro bruta considera o lucro bruto da empresa – que considera apenas os custos operacionais, sem a incidência de tributação e despesas fixas e variáveis. Veja um exemplo de cálculo:

  • receita líquida: R$1.000,00;
  • custos: R$600,00;
  • lucro: R$400,00;
  • margem de lucro bruta = R$400,00 / R$1.000,00 = 40%.

Margem de lucro líquida

Margem Líquida = (Receita Líquida – Custos + Despesas) / Receita Líquida

Para o cálculo da margem de lucro líquida vamos considerar a incidência dos tributos, despesas fixas e variáveis – tornando uma análise mais próxima da realidade. Veja um exemplo de cálculo:

  • receita líquida: R$1.000,00;
  • custos: R$600,00;
  • impostos: R$100,00;
  • despesas fixas e variáveis: R$100,00;
  • lucro líquido: R$1.000,00 – R$600,00 – R$100,00 – R$100,00 = R$200,00;
  • margem de lucro líquida = R$200,00 / R$1.000,00 = 20%.

Note que ambas as fórmulas podem ser aplicadas tanto para calcular a margem de lucro geral da empresa ou de um produto em específico. Nesse caso, é preciso fazer um rateio das despesas fixas e variáveis para identificar a incidência desses custos em cada uma das operações de venda.

Existe uma margem de lucro ideal?

O objetivo de qualquer empresário é potencializar o lucro líquido da empresa e otimizar o seu fluxo de caixa. Por conta disso, surge uma pergunta muito comum: existe uma margem de lucro ideal?

Entretanto, não existe uma resposta mágica para essa pergunta. Cada ramo de atividade trabalha com margens muito diferentes que devem se adaptar aos custos da empresa e ao mercado consumidor.

Uma boa forma de acertar na definição do preço de venda é avaliar as condições do mercado, a postura dos concorrentes e definir um posicionamento de mercado – sem nunca deixar de lado a busca pelo aumento do lucro líquido.

Você já sabia como calcular a margem de lucro do seu produto? Deixe seu comentário! 

OUTROS POSTS

4 dicas para evitar a inadimplência no setor de autopeças

Postado em 17 de julho de 2018

Controle financeiro empresarial: 3 regras essenciais

Postado em 29 de junho de 2016

O que é Amortização e como calcular

Postado em 29 de fevereiro de 2016

3 formas de melhorar a gestão financeira empresarial

Postado em 30 de dezembro de 2015

COMENTÁRIOS

Existem 0 comente este post.

ADICIONE UM COMENTÁRIO