Um processo de importação envolve diversos aspectos legais, principalmente relacionados à documentação necessária para o desembaraço aduaneiro da mercadoria. Entre esses procedimentos, existe o recurso de providenciar o despacho antecipado da importação.

Neste artigo vamos abordar todos os aspectos sobre despacho antecipado e o procedimento que pode ser realizado em uma importação.

O desembaraço aduaneiro

O desembaraço aduaneiro é o processo pelo qual o importador declara sua compra à Receita Federal e efetua o recolhimento de impostos referentes às mercadorias adquiridas.

Esse é um processo com diversas exigências específicas como o cumprimento de documentações de suporte da aquisição e entre as quais está o despacho aduaneiro.

Esse representa a formalização dos itens importados, realizada através da emissão da Declaração de Importação. Ele é um elemento fiscal com o objetivo de suportar o lançamento tributário da respectiva aquisição e possibilitar sua conferência com os materiais importados.

O que é despacho antecipado?

Dentro do processo de desembaraço aduaneiro está presente a possibilidade de despacho antecipado. Ele tem por objetivo declarar a autoridade fiscal antecipadamente a entrada efetiva da mercadoria importada em território nacional. Resumidamente, o despacho antecipado é o registro que é realizado antes da chegada dos itens importados.

Esse recurso tem por finalidade agilizar o processo burocrático de emissão da Declaração de Importação e sua conferência documental; assim como informar ao Fisco os itens que serão recebidos e dar rapidez ao desembaraço da mercadoria, independentemente da forma de transporte do item importado.

Quando o despacho antecipado pode ser usado?

O recurso tem algumas restrições de emissão e somente se aplica a algumas circunstâncias como de itens perecíveis, que envolvam animais, materiais a granel ou casos afins.

São mercadorias que têm grande necessidade de que seja efetuado seu desembaraço imediato ao chegar ao país. O despacho antecipado também pode ser utilizado em itens que sejam descarregados diretamente em locais como silos de armazenagem ou transportes terrestres específicos.

Nesses casos, é permitido o registro antecipado da Declaração de Importação, sendo considerada, para todos os efeitos tributários, a data em que a importação for recebida no país.

Quais as regras para despacho antecipado?

Para o despacho antecipado, a conferência da carga importada passa a ser feita pelo recebimento efetivo e não no momento da emissão da Declaração de Importação.

Esse processo visa apenas a agilização da conferência de documentação do desembaraço aduaneiro. É importante ressaltar que ele não dispensa a conferência da carga ao ser recebida no Brasil.

Após o recebimento da carga, é necessária a realização dos ajustes com relação aos dados reais da chegada da carga na Declaração de Importação. Tudo para evitar multas e transtornos ao empreendedor.

Quais tipos de importação podem utilizar o despacho antecipado?

Somente alguns tipos de importações podem ser submetidas a esse tipo de procedimento. Elas estão previstas na Instrução Normativa da Secretaria da Receita Federal, que cita como exemplos:

Ø Mercadoria transportada a granel, cuja descarga deva se realizar diretamente para terminais de oleodutos, silos ou depósitos próprios, ou veículos apropriados.

Ø Mercadoria inflamável, corrosiva, radioativa ou que apresente características de periculosidade.

Ø Plantas e animais vivos, frutas frescas e outros produtos facilmente perecíveis ou suscetíveis de danos causados por agentes exteriores.

Ø Papel para impressão de livros, jornais e periódicos.

Considerações finais sobre despacho antecipado

Importação é um tema cheio de detalhes e nuances. Por isso mesmo, é necessário que os empresários saibam quais as melhores ações para conseguir passar por processos de compra do exterior com mais facilidade e segurança, sem quaisquer problemas com a legislação brasileira em vigor. Nesse contexto, como vimos no artigo de hoje, o despacho antecipado vem como algo muito positivo. Ele agiliza os processos comerciais e o faz de forma totalmente legal. Poupe tempo e preocupações com despacho antecipado!

Gostou de nosso artigo sobre despacho antecipado? Acesse nosso blog e passe a acompanhar outros temas relacionados a importações.

OUTROS POSTS

7 estratégias para fazer uma empresa de importação crescer

Postado em 22 de março de 2018

ICMS na importação: entenda como funciona

Postado em 21 de março de 2018

ICMS de produtos importados para revenda: Suspenso em São Paulo

Postado em 30 de novembro de 2017

Como ter sucesso na carreira de comércio exterior

Postado em 18 de julho de 2017

COMENTÁRIOS

Existem 0 comente este post.

ADICIONE UM COMENTÁRIO